De todas as palavras que eu disse, nenhuma me surpreendeu tanto.
continua
em destaque
Eduardo Lourenço (1923-2020) | Revue Esprit

Eduardo Lourenço, grand écrivain portugais, qui avait fait des Essais de Montaigne un modèle de méthode pour appréhender son temps1, est décédé le 1er décembre 2020, à l’âge de 97 ans. Il fut l'auteur de plusieurs articles dans Esprit. continua em esprit.presse.fr
O Vedor

Gosto de o ler naquelas horas em que não precisamos de correr para nós, porque é em nós que já estamos. Escreveu ele: "Um pensador não é um homem que pensa, mas sim um homem que faz pensar". A vasta, viva e variada obra de Eduardo Lourenço dá a esta afirmação continua
Melo Antunes

Meu Caro Professor
Os meus agradecimentos pelos votos dum Bom Ano que gostosamente retribuo.
Espero também que 1985 possa ser, para todos nós, um ano de mudança, o início de um novo ciclo da nossa história recente.
Um abraço amigo de quem sempre conta com a sua atenta voz
continua